sábado, 21 de janeiro de 2012

07/12/10 - Munique III


1° dia de Sol!!
Fomos cedo para a casa da Silvana.
No caminho para a estação Frankfurter Ring, caminhamos por um bosque, aonde tiramos fotos de Cisnes que nadavam no rio. Pegamos o trem para Frottmanning, aonde fomos ver o estadio Allianz Arena do Bayer de Munique.
Esse estadio muda de cor de acordo com o jogo. Quando joga o Bayer fica vermelho, e azul nos jogos do 1860.
Fizemos uma tour pelo estadio.



De la, fomos para Marienplatz e Virtualimarket.
Comemos Framboesas, o tradicional pão com linguiça e um sanduiche com um baita recheio de camarão.
Visitamos algumas igrejas históricas. Muito lindas!!!
Vimos como é a produção de pinheiro de natal, o palacio de brinquedos.
Entramos na Alter Peter, subindo os seus 14 andares de passagem apertadissima e medieval, até a sua torre.
Da torre, se tem a vista de boa parte da Baviera. É o ponto mais alto da cidade. Sensacional!!!
Silvana nos presenteou com chocolates Lindor(Lindt) e biscoito de nozes com laranja.
Fizemos compras na Karstadt e voltamos para o Hotel.



No caminho, a minha amiga Bia que reside na cidade entrou em contato, informando que iria ao nosso encontro.
Nos encontramos no hotel, de onde partimos para a estação Rockerplatz.

Bia nos levou até o seu apartamento, aonde nos presenteou com 1 cx de Chocolate Feeelings, um queijo delicioso que tinha o nome Edler Weichkase(Não sei se é o nome ou a marca)
Fomos no restaurante Epeisenkarte.
Cervejas com o tradicional chucrute com linguiça e pretzels.
Havia mais de 6 anos que não nos viamos, portanto aproveitamos aquela horas para lembranças de diversas coisas.
No meio de tamanha felicidade, é realmente impossivel medir a noção de tempo.
Em meio a nossa descontração, não haviamos percebido que ja entrava na primeira hora da madrugada.
Mas enfim, férias são férias, e são momentos como esses que se tornam magicos.
As boas lembranças persistem por toda vida.



Nos despedimos!!
Ja era  mais de meia noite, mas por incrivel que pareça, tivemos uma sensação ótima.
Fomos sozinhos para o hotel, de forma que ainda não caminhamos em nosso maravilhoso Rio de janeiro.
A sensação de segurança e tranquilidade é indescritivel, assemelhando-se ao estagio de infancia.
Quando ainda não temos noção da violencia que nos rodeia.
Pode ser que exista uma cota de violencia na cidade de Munique, não sei ao certo.
Mas o fato, é que estavamos nos sentido tão bem, tão livres sob aquela neve que persistia em cair em toda cidade.
Nunca havia sentido essa sensação de segurança em minha cidade.
Fomos dormir pensando em quando a nossa cidade e o nosso País, permitirá que todos tenham essa sensação de bem estar.
Esse dia chegará.




Nenhum comentário:

Postar um comentário