quinta-feira, 25 de agosto de 2011

História da Pizza

Essa fantática criação vem da Itália, e é considerada seu símbolo. Provém da região centro-meridional, e sua preparação é constituida além de farinha de trigo, de milho e de outros cereais onde possui uma forma achatada e normalmente redonda que deve ser assada no forno.

A palavra "pizza" já era citada na Idade Média, tendo diversas variações, tanto doces quanto salgadas e com diferentes metodologias de cozimento.

Destacam-se dois eventos históricos que influenciaram o seu desenvolvimento. O primeiro foi a invasão dos Longobardos (ou Lombardos) no século VIII. Onde após a queda do Império Romano do Ocidente, eles foram adentrando a península italiana alcançando a região sul e levando consigo a criação de búfalos. Através dos búfalos eles iniciaram a fabricação da mozzarela. O segundo episódio foi a descoberta da América, na Idade Moderna, onde possibilitou a introdução dos tomates na europa.

Segundo relatos históricos, muitos reis e rainhas apreciaram este prato: como o rei de Nápoles Ferdinando II de Bourbon, a família real Savóia, entre outros. Através de relatos oficiais, em 1889, o rei da Itália Umberto I e a rainha Margherita de Savóia, passavam férias no palácio real de Capodimonte e convidaram o pizzaiolo Raffaele Espósito para preparar algumas de suas famosas pizzas. O pizzaiolo preparou três tipos diferentes de cobertura de pizza: a primeira com toucinho, queijo e manjericão, a segunda com alho, azeite e tomate e a terceira temperada com tomates, mozzarela e manjericão, simbolizando as cores da nova bandeira italiana (verde, branco e vermelho). A rainha gostou tanto da última pizza que esta foi chamada de Marguerita em sua homenagem. Esta pizza é conhecida até hoje em todo mundo.

Fonte de consulta:
Senac - Gastronomia

Nenhum comentário:

Postar um comentário