sexta-feira, 11 de março de 2011

American Staffordshire Terrier

Originários da América do Norte, a raça canina AMERICAN STAFFORDSHIRE TERRIER descende do cruzamento de duas raças inglesas: o Terrier Inglês e o Bulldog.
Estudada há um século, a raça é considerada por criadores com equilíbrio psíquico necessário para cães de companhia, temperamento calmo e controlado, mesmo em realção a outros animais. Devido ao seu tamanho mediano possui grande estrutura em musculos, é ágil, gracioso e profundamente ligado ao que o cerca. Sua beleza física é utilizada cada vez mais pelos cinófilos em competições e apresentações.

"Resultado dessa combinação de qualidades, o American Staffordshire Terrier pode ser indicado para qualquer família, bem como para crianças, devendo apenas ter-se o cuidado de imprimir aos filhotes regras da casa, a exemplo de qualquer outra raça. "
"No Brasil, a raça teve ápice a alguns anos, em torno de 1994, no início da década de 90 a região Sul do país era tida como um pólo da raça, mas devido as matérias e publicações mais regulares, outras regiões como São Paulo, Rio de Janeiro e parte do Nordeste passaram a produzir bons exemplares da raça afirmando cada vez mais esse magnífico cão."
A raça não costuma preocupar seus donos com relação à saúde, pois não possui histórico de doenças padrões como característica e seu pêlo curto não requer muitos cuidados, sendo fácil mantê-lo limpo.

Como tenho o privilégio de ter como companhia a dócil e amada SONIA BLADE BRAZILIAN TOP DOG'S, minha querida HERA, afirmo que a raça realmente é inteligente, brincalhona, com muita energia e dócil. É necessário dedicação e paciência para conceder toda atenção que necessita.


Para saber mais, consulte:

Confederação Brasileira de Cinofilia
Petclube
Petbr
Dogtimes

Nenhum comentário:

Postar um comentário