terça-feira, 28 de setembro de 2010

Depilação... o dilema!

Qual mulher não quer ter sua pele lisinha, sem pêlos encravados ou manchas??? Pois é, mas ai vem a questão, onde depilar, que método escolher, tempo, dinheiro.... mas existem soluções para todos os gostos e bolsos.

Depilação a Laser
A moda do momento é a depilação a laser: Esse método pode ser utilizado em todas as regiões do corpo. Ele é realizado através de equipamentos que emitem raios laser para queimar os pêlos até a raiz em sua fase de crescimento. Em alguns casos ocorre a redução de pêlos, porém a naturale.med.br informa que não é uma técnica definitiva, pois há necessidade de manutenção.
Para cada tipo de pele é utilizado um equipamente a laser:
Photoderm (LID): o método utiliza a luz pulsada e é ideal para pessoas com a pele clara e pêlos escuros.
Epilaser (Laser de Rubi): também indicado para peles claras e pêlos escuros.
Light Sheer (Laser Diodo): é o mais recente e pode ser aplicado em pessoas com pele morena, negra e até bronzeada. O Light Sheer protege o tecido e, por isso, pode ser aplicado em qualquer tipo de pele. O método também é recomendado para o tratamento de depilação facial.

 Desvantagens da depilação a laser:

  • O valor cobrado pelo serviço é alto, porém muitas clínicas de estética realizam parcelamento.

  • Apesar de ocorrer redução de pêlos, deve ser feito manutenção como em todos os outros métodos.

  • Pode ocasionar queimaduras e manchas, muitas vezes graves, caso o equipamento não seja manipulado por um profissional adequado e se não houver asepsia correta no local da aplicação.

Depilação com cera quente


Método ainda muito utilizado e que gerou dúvidas e mitos por muito tempo.

Assim como outros métodos, a cera quente também pode deixar manchas na pele se não houve cuidado tanto no momento em que se depila quanto no pós-depilatório.

Devido a cera estar quente, ela dilata os poros com maior facilidade e com isso a dor é reduzida (deve-se levar em conta a fragilidade capilar de cada um).

Para segurança e higiene, a cera não deve ser reutilizada, o que depende do profissional e local que se escolhe para a realização desta prática. Atualmente a industria de cosmético e estética tem um portifólio variado de produtos para depilação em casa, desde a cera até os produtos de higienização e finalização de depilação. Porém se você não possui prática ou tempo, verifique o local escolhido quanto a higiene e referências. Alguns centros de depilação são especializados, não somente salões, mas centro de estética depilatória como Pello Menos e Depyl Action.

Outros métodos são a cera fria e

Aparelhos de depilação elétrico

Este método utiliza aparelhos elétricos que arrancam os pêlos pela raiz. Os aparelhos mais modernos possuem um seletor que permite ajustar a velocidade com que os discos rotativos puxam os pêlos.
Outros aparelhos aquecem a cera no seu interior, e permitem a aplicação diretamente na pele em faixas. Neste caso devem ser seguidas as indicações aplicadas à cera quente.
Este tipo de método é prático para pernas e braços, mas não se recomenda para a barba ou regiões delicadas e sensíveis.

Depilação com lâminas

A depilação com lâminas (gilete ou aparelhos de barbear) é um dos métodos mais utilizados pelas brasileiras e o menos indicado. Antes de mais nada é bom esclarecer que esse método não deixa o pêlo mais grosso, o que ocorre é que como não é retirado pela raiz, ele cresce reto, o que causa essa impressão.

Nesse método o cuidado deve ser redobrado para que se evite cortes e marcas provados pelas lâminas, a tranquilidade e firmeza nas mãos é fundamental.

A vantagem é que a lâmina pode ser encontrada facilmente, é um método rápido, feito por você mesma e não dói (claro se você não se cortar)!

Como desvantagem, é um método de duração curta, pode causar irritação, alergias, o pêlo encrava com maior facilidade.

Agora é só você escolher o método que mais te agrada....

Nenhum comentário:

Postar um comentário